Morre da cidade do Porto o 51º Grão-Mestre da Ordem do Templo

 

Faleceu no 18 de maio de 2018, aos 89 anos de idade, na cidade do Porto, Portugal, o 51º Grão-Mestre da Ordem do Templo, Dom Fernando Campello Pereira Pinto de Sousa Fontes.

Desde o fim de janeiro deste ano, Dom Fernando esteve em uma constante idas e vindas ao Hospital Santo Antônio, na cidade do Porto, sendo acompanhado de perto por seus filhos Suzana e Ricardo Fontes durante todo o tratamento.

Sua filha Suzana esteve com ele a maioria do tempo e, na manhã de hoje, expediu uma nota oficial em nome da Ordem, cumprindo a “última vontade de seu pai”.

Nos meses de dezembro/2017 e janeiro/2018 o Mestre Templário Fr.+++ Albino Neves esteve várias vezes com o Grão-Mestre Dom Fernando na sede da Ordem em Portugal. Na ocasião entregou-lhe uma Venera e também um Diploma de Reconhecimento do GPTB-CESJB.

Em 2016 o GPTB-CESJB homenageou Dom Fernando colocando o seu nome na Sala de Vela de Armas existente no Complexo Templário Jacques De Molay, sede do Gran Priorato no Brasil. Veja no link a seguir:

http://granprioratotemplario.com.br/quem-somos-nos-sub/sala-de-vela-de-armas-dom-fernando-e-uma-homenagem-ao-51-grao-mestre

Durante suas estadas com Dom Fernando, Albino Neves, Gran Prior do Brasil e Legado Magistral (representante do Grão-Mestre no Brasil) pode acompanhar de perto os últimos momentos de seu trabalho em favor da OSMTH-Porto, mostrando-se sempre dedicado e preocupado com os destinos da Ordem que hoje se faz presente em mais de setenta países do mundo.

“Certamente ele deve ter tido o cuidado de indicar alguém que possa dar continuidade ao seu trabalho. Alguém que assim como ele não use o título como sinal de ostentação, mas de trabalho em favor da Ordem que este ano completa 900 anos de existência” disse o Mestre Templário Albino Neves ao ser informado de seu falecimento, enfatizando “a Ordem é uma escola de fraternidade e como tal deve assumir seu importante papel neste momento histórico da humanidade, para isso, é preciso que todos estejam unidos em torno de um mesmo ideal, o da fraternidade. Do respeito e do amor mutuo”.

Coube a Dom Fernando substituir seu pai Dom Antonio Campello Pinto de Sousa Fontes que dirigiu a Ordem no período de 1942 a 1960 e, desde então, Dom Fernando vem nesses 58 anos de Gran Maestrado cumprindo com seu dever com trabalho e esmero e isso está escrito nos anais da Ordem, quer através das Coletâneas do Archivum Ordinis Templi, quer através dos demais documentos devidamente guardados e resguardados por ele.

O Mestre Templário disse ainda “perdi um amigo, um Irmão, alguém com quem tive a graça de conviver em muitos momentos, assim como um filho convive com um pai, quer na sede da Ordem, quer em sua casa, quer ceando ou bebendo um bom vinho do Porto de sua reserva pessoal. Os grandes homens não morrem, se encantam. Seu encantamento pode ser constatado por sua filha Suzana na manhã do dia 18, estando ao seu lado na hora de seu passamento. Momentos antes de sua passagem Suzana teve uma visão onde viu seu avô Dom Antonio que veio a lhe dizer que ‘a hora de seu pai partir é chegada’. Suzana olhou para o pai e viu quando de seu olho direito uma lágrima rolou como sinal de gratidão por ela ter deixado Palma de Maiorca – Espanha e ter ido para o Porto, acompanha-lo em seus últimos dias de vida, além de ter se colocado à disposição do pai para levar avante as suas últimas vontades. Pouco depois contou ela que ‘viu sua mãe descer do céu e pegar nas mãos de Dom Fernando e juntos partirem em direção ao mundo espiritual, foi emocionante’, acrescentando ‘eles estavam mais novos. Pareciam muito felizes. Isso acalmou meu coração’. A seguir deu-se o tramite legal para que o corpo fosse liberado e levado para ser velado na Igreja da Lapa, cuja doação do terreno tivera a participação de seus antepassados”.

                  

A vida de Dom Fernando foi marcada de muitas lutas em favor da Ordem do Templo e, graças ao seu incansável trabalho hoje ela está instalada em mais de setenta países dos cinco Continentes.

O Gran Priorato Templário do Brasil – Cavalaria Espiritual São João Batista apresentou à família o seu pesar pelo passamento de Dom Fernando e também se colocou à sua disposição nesta hora de grande perda para todos.

Nos vídeos a seguir alguns dos momentos compartilhados com o Grão-Mestre Dom Fernando de Sousa Fontes:

Mensagem aos Templários do Brasil

https://www.youtube.com/watch?v=looI6PKTwCI

Ser Templário

https://www.youtube.com/watch?v=pc6CbtMWfQQ

Sobre a União Templária

https://www.youtube.com/watch?v=B6XbPdhzrKE

No link a seguir é possível constatar a história de seus antepassados retratado pelo Reverendo Padre Manuel L. Botelho.

http://granprioratotemplario.com.br/historia-ordem-sub/dom-fernando-souza-fontes-o-51-grao-mestre-da-ordem-templaria-e-a-historia-de-seus-antepassados

A filha do Grão-Mestre Dom Fernando, Maria Suzana Sendim Figueiredo Pinto de Fontes, ocupando o cargo de Príncipe Regente, em Exercício, enviou uma Nota Oficial dirigida a todos os Templários do mundo, na qual comunica que no dia 18 de agosto será anunciado o nome do novo Grão-Mestre.

Publicamos a seguir na integra a Nota expedida:

 

                   ORDO SUPREMUS MILITARIS TEMPLI HIEROSOLYMITANI - OSMTH

Magnum Magisterium

Nota de Falecimento e Esclarecimento

Cidade do Porto, 18 de maio de 2018.

Estimados Freis e Freiras em Cristo, pertencentes à OSMTH-Porto - Portugal e de todo o mundo coube a mim como Príncipe Regente (Vice Gran-Maestro) em exercício, atendendo à vontade soberana do Grão-Mestre Dom Fernando Campello Pereira Pinto de Sousa Fontes informar-lhes sobre o seu falecimento ocorrido hoje dia 18 de maio de 2018, às 10:00 horas depois de longo período de tratamento e internações hospitalares.

Seu corpo está sendo velado na Igreja da Lapa, na cidade do Porto, Portugal.

Durante mais de cem dias acompanhei diariamente o estado de saúde do Grão-Mestre e em todos os momentos, com raras exceções, ele demonstrava sua preocupação com os destinos da Ordem.

Solicitou-me o Grão-Mestre que lhe prometesse que faria cumprir a sua soberana vontade após o seu falecimento, o que faço através deste primeiro comunicado oficial e nota de esclarecimentos:

- Disse-me ele que havia solicitado à uma pessoa de sua inteira confiança que guardasse consigo um envelope lacrado e devidamente selado no qual ele fazia a nomeação do próximo Grão-Mestre e outros membros para regerem a Ordem após o seu falecimento;

- Que convocasse a realização de um “Convenção Geral” em um prazo não superior a cem dias após o seu falecimento para a abertura do envelope que me será entregue pela pessoa de sua confiança na hora oportuna, segundo ele;

- Lembrou-me o Grão-Mestre que fazia isso por gozar de “todas as honras, atribuições, prerrogativas e privilégios vinculados a sua soberania e que suas decisões são definitivas e inapeláveis”. Disse ainda que, por esta razão, ficava revogada toda e qualquer norma que possa ter existido e que possa vir a ser contrária à sua soberana vontade”, conforme atestado pela testemunha que presenciou tal declaração que me outorgava esta incumbência;

- Diante deste relato informo que no dia 18 de agosto, do corrente ano, às 18:00 horas, estaremos realizando um Convenção Geral de corpo presente na Igreja da Lapa, cidade do Porto, Portugal, onde estaremos homenageando o Grão-Mestre Dom Fernando e também abrindo o envelope deixado por ele o qual aguardamos que nos seja entregue, conforme informado pelo Grão-Mestre, anunciando, assim, o nome do novo Grão-Mestre e demais nomeados por Dom Fernando como sua última vontade;

- Desta feita, convidamos a todos os Mestres Templários, Grão Priores, Priores, Grão Oficiais, Oficiais e membros da Ordem para estarem presentes a este ato e prestarem suas homenagens a Dom Fernando. Esta data foi escolhida porque sabemos que não existe coincidência visto que o Grão-Mestre Jacques Bernard De Molay e o Grão-Mestre Dom Fernando Campello Pereira Pinto de Sousa Fontes morreram em um dia 18. O primeiro em março de 1314 e o segundo em maio de 2018, este quando a Ordem do Templo completa 900 anos de existência. Também escolhemos esta data porque no dia 20 de agosto é comemorado o dia de São Bernardo de Claraval autor da Regras da Ordem do Templo.

Trazemos para vossas reflexões as palavras do Grão-Mestre Jacques Bernard De Molay proferidas em 1307, na reunião que participou em Chipre com os altos escalões da Ordem para anunciar o que estava prestes a acontecer naquele mesmo ano.

Disse o Grão-Mestre: Nós somos os guardiões da verdade Cristã. Nós sabemos quem foi o verdadeiro Jesus e o que Ele, na verdade, desejou. Desejou uma verdadeira fraternidade da qual todas as pessoas pudessem fazer parte, uma fraternidade onde a única religião fosse a consciência do bom e do belo que existe em cada espírito humano... O reino de Deus é o reino da verdadeira Justiça. É o reino da tolerância. É o reino da Fraternidade. Esse é reino pelo qual devemos lutar. O reino que merece o nosso sangue...”

Contamos com a presença de todos!

Recebam o meu Fraternal e Tríplice Abraço Templário

NON  N OBIS  DOMINE  NON  NOBIS   SED  NOMINI  TUO  DA  GLORIAM  

Maria Suzana Sendim Figueiredo Pinto de Fontes

Príncipe Regente, em Exercício