Grão-Mestre nomeia Flávio Rochester como Comendador de Curitiba

Momento que o Comendador Fr.++ Flávio Rocherter era investido como Comendador de Curitiba -PR 

O Grão-Mestre da OSMTH-Porto, Dom Fernando Campello Pereira Pinto de Sousa Fontes, atendendo a indicação de seu representante no Brasil, o Legado Magistral e Gran Prior do Gran Priorato Templário do Brasil – Cavalaria Espiritual São João Batista (GPTB-CESJB) Fr.+++Albino Neves, nomeou o +Fr. Flávio Rochester Comendador de Curitiba.

A nomeação do Dr. Flávio Rochester Faria como Comendador, reforça o espaço Templário no Sul do Brasil e o crescimento da Ordem dentro do projeto estabelecido pelas Ramas do GPIT Jacques de Molay – SMOTH e OSMTH-Porto.

Representante das duas Ramas no Brasil o GPTB-CESJB é a sede da Ordem no País e nela os postulantes tem a oportunidade de conhecerem os Ritos Antigos que são praticados desde os primórdios da Ordem do Templo, garantem seus membros.

O Comendador Fr.++ Flávio agradeceu ao Mestre Templário a sua nomeação e indicação e também ao Grão-Mestre Dom Fernando por tê-la confirmado assegurando que “continuará trabalhando com afinco afim de que um dia a Comendadoria possa se tornar um Priorado e, quem sabe um Grão Priorado”.

“Temos seguido as orientações de Dom Fernando e do Gran Prior Internacional V.M. Iacopo de ampliar as bases Templárias no Brasil, sem fugir aos preceitos estatutários da Ordem e do estabelecido por Barnardo de Claraval, São Barnardo (que escreveu as Regras da Ordem) e de Hugo de Payens, seu primeiro Grão-Mestre” assegurou o Mestre Templário Albino Neves, arrematando “o sagrado se protege por si mesmo e o ‘joio é separado do trigo’ de forma natural, o que nos faz entender cada dia mais sobre os mistérios contidos nos ensinamentos esotéricos que nos são repassados”.