Sala de vela de Armas Dom Fernando é uma homenagem ao 51º Grão-Mestre

Por ocasião da sagração do Templo Templário do Gran Priorato Templário do Brasil – Cavalaria Espiritual São João Batista, em 1º de junho de 2012, também foi sagrada pelo Gran Prior Internacional do GPIT-SMOTH Fr.+++V.M. Iacopo a Sala de Velas de Armas do Complexo Templário Jacques De Molay.

A Sala recebeu, em 2016, o nome de Sala de Vela de Armas Dom Fernando Campello Pinto Pereira de Sousa Fontes, 51º Grão-Mestre da Ordem do Templo, que está à frente do comando da Ordem há 56 anos e, homenagem esta prestada a ele pelo Gran Prior e Legado Magistral Fr.+++ Albino Neves.

A Sala de Vela de Armas é o local onde o postulante à Iniciação toma o primeiro contato com a Ordem e onde faz suas reflexões sobre a decisão que vai tomar. Ali ele pode ou não continuar a sua jornada de acordo com suas reflexões.

A Sala é toda construída em pedras, arejada e apesar de não ser um octógono perfeito tem oito paredes que simbolizam o contato do postulante com o infinito.

O chão é forrado de tijolos maciços antigos e tem a exemplo do Templo um desenho de uma cruz de oito pontas.

Na parte interna pode-se ver impresso dois Cavaleiros Templários em tamanho natural orando e meditando e na parte externa a figura de um Soldado do Templo e outra do Grão-Mestre Jacques De Molay em tamanho natural.

 A sala fora da época de iniciações é utilizada pelos os Irmãos para troca de roupas e de assuntos pertinentes à Ordem e aos trabalhos do dia.

Ali também existem vários símbolos que ligam à Ordem, como um baú adornado com Cruzes da Ordem, a Biblioteca Templária, o Código Templário, uma cruz esculpida na pedra, entre outros.