O Brasão do GPTB-CESJB

O Brasão do Gran Priorato Templário do Brasil – Cavalaria Espiritual São João Batista – GPTB-CESJB, é composto dentro de um octógono.

O Octógono acompanha a Ordem do Templo desde a sua instalação nos escombros do Templo de Salomão, sua primeira sede em 1.118. Daí uma homenagem aos fundadores da Ordem que teve como seu primeiro Grão-Mestre Hugo de Payns.

O Beausant é a bandeira da Ordem que abria caminho em direção à Terra Santa e que demonstrava que aqueles Soldados e/ou Peregrinos estavam sob a proteção da Ordem, daí trazer as cores metade preto, metade branco, só que desta feita, em sentido vertical tendo o preto em primeiro e o branco em segundo simbolizando que os que fazem parte do GPTB saem da escuridão da noite e encontram o dia da sabedoria.

A seguir encontra-se um círculo onde está inserido o nome do Gran Priorato Templário, lembrando que a vida da Ordem é eterna e contínua, assim como o círculo, que não tem princípio e nem fim.

No meio do círculo uma Cruz Templária especifica que o Brasão pertence a Ordem do Templo e no meio da Cruz encontramos outro círculo, desta feita com os dizeres: “Sigilum Militum Xpisti”, texto em latim que significa: "Milícia Secreta do Cristo”.  

Ao centro do Brasão encontra-se dois Cavaleiros montados em uma mesma cavalgadura que demonstra o voto de pobreza e de companheirismo de união. Tal símbolo também representa a matéria e o espírito em uma mesma sela, o masculino e o feminino, o monge e o guerreiro.